Alunos de federal acusados de espalhar mensagens que incitam racismo e estupro

mensagens que incitam racismo e estupro
Alunos da UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia) estão sendo acusados nas redes sociais de racismo e incitação ao estupro após imagens de grupo de WhatsApp viralizarem. Participantes teriam dito frases como "não é estupro, é sexo surpresa".

Deixe um comentário!